Morrissey: há 55 anos a arranjar sarilhos – As Origens (Parte I de III)

Comentários (4)
  1. João Almeida diz:

    Muito bom !

  2. Tiago diz:

    Continua a valer a pena, e muito, ler a autobiografia. Não apenas pelo interesse da história mas porque está, de facto, escrita de forma magnífica, de grande nível literário. Creio que a tradução portuguesa sairá ainda antes do final do ano.

  3. valeu ler o artigo e vale, com certeza, a pena ler a biografia. como o meu inglês é da mesma praia da do jorge jesus, e eu não quero perder nenhuma subtileza de linguagem de moz, espero pela autorização da tradução para português.

  4. Carlos Lopes diz:

    Parabéns, Tiago! Gostei mesmo de ler. Tenho a recente biografia do Morrissey, mas pergunto: achas que ainda vale a pena ler? ;-)

Escrever resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *