Álbuns

Manel Cruz – Foge Foge Bandido (2008)

Manel Cruz - Foge Foge Bandido
Comments (3)
  1. Raul C diz:

    Sim, depreendi que essa afirmação era baseada em emoção, mas, do meu ponto de vista, os aspectos emocionais nem sempre ajudam à crítica, esteja ela relacionada com a origem do universo, a melhor maneira de cozinhar batatas, como curar uma gripe ou crítica musical.
    Mas é claro que, porém, que sem eles, a vida seria chatíssima.
    Bom, resta-me seguir a dica, e procurar então mais coisas do Cruz.
    Abraço

  2. Stuart diz:

    Caro Raoul,

    quando me refiro ao início do século XX, o nome que mais rapidamente me vem à cabeça é o de Almada Negreiros, que escrevia, pintava, pensava, etc… Como ele havia outros.
    E não me refiro a uma corrente em específico, mas às várias cenas que iam aparecendo nessa altura, até aos anos 20, modernismo, surrealismo, futurismo. Uma fase em que os artistas eram-no de uma forma completa, sempre atentos a tudo o que acontecia, e ávidos por Criar.
    É nessa linha que relaciono o Manel Cruz. Além da música, a escrita (principalmente nas letras), e o desenho/ilustração, são outras áreas a que se esticam os tentáculos deste artista.
    Compreendo a preplexidade perante tal afirmação categórica.
    Mas digo que o Manel X é o maior artista nacional da Actualidade (não de todos os tempos), pelo menos na minha opinião, que admito que possa estar toldada por paixão e sentimento, que faço questão de não afastar quando falo sobre música.
    Um abraço

    (mais pormenores sobre a paixão na escrita musical num próximo artigo)

  3. Raoul Eggman Coshta diz:

    Obrigado pela dica. Confesso não conhecer muito da obra deste músico (excepto as incursões Pop nos Ornatos e Pluto).
    Mas, ó Stuart, será que podes explorar melhor em que sentido é que a produção artística do Manel Cruz se aproxima dos movimentos do início do século XX (presumo que te refiras ao expressionismo)?
    É que para quem não conhece mais nada dele para além das tais referências musicais, fica-se perplexo perante a categórica afirmação de se tratar este de ser o maior artista nacional!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *