Canção do dia

“Ceaseless Inexhaustible Child (Cyntoia Brown)” – Ambrose Akinmusire

Um trompete (de Ambrose Akinmusire) e uma voz (de Cold Specks), um piano (de Sam Harris) e percussão tocada (por Justin Brown) “tipo chuva”, com suavidade, uma classe imensa.

O tema, incluído no álbum que catapultou em definitivo Ambrose Akinmusire para o panteão do jazz americano moderno, remonta a 2014 — e inspira-se na história de uma rapariga, Cyntoya Brown, que vendia o corpo e que matou um cliente, apropriando-se da arma dele para disparar (alegadamente assustada, convencida de que o tipo ia buscar a arma e que ela não saía dali viva).

A história é factual, deu até origem a um documentário chamado “The 16 Year Old Killer” e fez o trompetista Akinmusire, que o viu, pensar em dedicar-lhe uma canção. Com tom de tristeza, ao mesmo tempo desoladora e lindíssima (porque comovente), o tema propõe-se a pensar como é para uma mulher passar a vida inteira na cadeia por um crime cometido em adolescente. Avassalador.

They always come crawling back
Fragments of the past
They always come rushing on back
At first light, every crime lives on
There I go again
Slipped under the burden of you
Comentários (0)

Escrever resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *