Canção do dia

“Keep On Rockin’ in the Free World” – Neil Young

Quase todos os grandes songwriters escorregaram nos viscosos eighties e Neil Young não foi excepção. Mas depois de quase uma década de inanição criativa, Young ressuscita por fim em ’89 com o belo Freedom. “Keep On Rockin’ in the Free World” é a sua canção-bandeira.

Mas tal como antes tinha acontecido com a “Born in the USA” do Springsteen, também este clássico instantâneo foi mal interpretado. A sua intenção era parafrasear um discurso reaccionário de George Bush, virando-o contra ele. Onde o presidente americano afirmava que era preciso “make kinder the face of the nation and gentler the face of the world”, através de “a thousand points of light” (uma defesa do sociedade civil contral o Estado), Young respondia corrosivo: “a thousand points of light/for the homeless man” and a “kinder, gentler machine gun hand”.

Ninguém ligou patavina a estes versos. O muro de Berlim tinha acabado de cair e todos, por sugestão, interpretaram a canção enquanto apologia do mundo livre capitalista contra as ditaduras comunistas de leste.

Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *