Canção do dia

“Hunger Strike” – Temple of the Dog

Estávamos em 1990 e estavam firmemente plantadas no solo as raízes profundas do que viria a ser o movimento grunge. Num mundo ensopado em heroína, o vocalista dos Mother Love Bone morria de overdose em Março, deixando uma nuvem negra sobre a comunidade musical da cidade. Chris Cornell, vocalista dos Soundgarden, era amigo de longa data de Andrew Wood, e decidiu fazer um single de homenagem a esse jovem que partiu demasiado cedo. Nasciam assim os Temple of the Dog, com membros dos Soundgarden e daqueles que, fazendo parte dos Mother Love Bone, viriam a dar origem aos Pearl Jam.

As sessões de gravação, terapêuticas, correram tão bem que o single deu origem a um álbum. “Hunger Strike” é o ponta de lança desse disco homónimo. Nascido de um riff de Cornell, tem a particularidade de ser a primeira participação em disco de um jovem chamado Eddie Vedder, que pouco tempo depois era apresentado como o vocalista da banda que se estrearia com Ten.

Vedder, que estava na cidade para tentar a sua sorte com os futuros Pearl Jam, estava sempre em estúdio, mas acabaria por participar em poucos temas, emprestando a sua inacreditável voz grave aos agudos de Cornell neste single. Um tema lindíssimo que marca o início da ascensão de um fenómeno, o grunge, que nos daria alguns dos melhores discos dos anos 90.

Comentários (0)

Escrever resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *