Canção do dia

“Coro da Primavera” – Zeca Afonso

Em 1974, neste dia, 25 de abril, Portugal e os portugueses voltavam a conhecer a liberdade que tinham perdido 48 anos antes. Cravos e a sede por esse direito há tanto tempo esquecido derrubaram a cadeira do poder salazarista, fechando esse capítulo negro da história nacional. Pela importância óbvia desta data, o Altamont vai celebrar esta data através de Canções do Dia que, ao longo desta semana, vão recordar artistas fulcrais no combate ao regime ditatorial do Estado Novo.

Começamos a semana a celebrar o Dia da Liberdade com o maior dos cantautores portugueses: José “Zeca” Afonso. A faixa que se propõem para (ajudar a) fazer a festa é “Coro da Primavera”. Lançada originalmente em 1971, esta canção fecha o mítico Cantigas do Maio, álbum gravado em França com o selo da Orfeu e de onde saiu, entre outras, “Grândola, Vila Morena”. O quinto LP de Zeca foi produzido por José Mário Branco, que na altura acabava de editar Mudam-se os Tempos, Mudam-se as Vontades, outro marco na história da canção de intervenção. O artista, à época exilado em Paris por ser perseguido pela PIDE, acrescentou bastante diversidade às melodias e harmonias de Zeca, trazendo para o som do mestre sopros, teclados e percussões várias.

Em “Coro da Primavera” é cantada uma mensagem de luta e de esperança, que ressoa com especial intensidade no refrão onde os coros nascem como um sol atrás da voz do cantor e poeta, que dá força a este acontecimento tão belo. O instrumental é de uma genialidade extraordinária – camada atrás de camada, os vários componentes vão florescendo, culminando então no refrão épico onde tudo resplandece e se ouve:

“Ergue-te ó Sol de Verão
Somos nós os teus cantores
Da matinal canção
Ouvem-se já os rumores
Ouvem-se já os clamores
Ouvem-se já os tambores”

E com esta música nas orelhas, gritemos de peito cheio com a força renovada que a liberdade conquistada há 42 anos nos deu: 25 de abril sempre! Fascismo nunca mais!

Comentários (0)

Escrever resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *