Canção do dia

“Baby it’s cold outside” – Frank Loesser

Um hino de Natal sobre um homem tentar convencer uma mulher a passar a noite lá em casa, durante o Inverno de 1944. Mas não está fácil: em plena sociedade conservadora, sexo pré-matrimonial não é bem visto – e ela até pergunta “O que é que os vizinhos dirão?” Por isso, a mulher quer voltar para casa.

Mas ele insiste no engate. E ela considera: “Say what’s in this drink? (No cabs to be had out there).” Sim, “o que tenho na bebida” era uma piada comum usada nos anos 30 e 40 para quem queria uma desculpa para fazer algo.

Mas essa frase – “Say what’s in this drink?” – não caiu bem em 2018, em pleno escândalo #MeToo, e várias pessoas consideram este hino de Natal uma canção… de violação. Até houve uma estação de rádio norte-americana que censurou a “Baby It’s Cold Outside”, por considerar que a letra é “manipulativa”.

Seja como for, é dia 26. Ainda há restos de Natal por comer, filmes nos quatro canais e playlists natalícias clichés por tocar.