Foram dois discos os primeiros responsáveis pelo nascimento de um dos maiores mitos da história da música actual. Os LP de Chuck Berry e Muddy Waters que Mick Jagger segurava nas mãos quando se cruzou com o seu amigo de infância, Keith Richards, numa estação de comboios de Dartford, em Inglaterra. Um encontro que, mais tarde, e com uma forte presença de Brian Jones, até à sua morte, criaria o fenómeno The Rolling Stones.



The Rolling Stones Rock and Roll Circus (1996)

Rock and Roll Circus chega-nos como um número musical disfarçado de circo em que cada banda ou músico aparece a fazer o seu número. Os artistas deste circo sui generis eram nada mais nada menos que Jethro Tull, The Who, Taj Mahal, a bela Marianne Faithfull e uma banda desconhecida de seu nome Dirty Mac, liderada por John Lennon, contando ainda com Eric Clapton, Mitch Mitchell, baterista de Jimi Hendrix, Keith Richards e Yoko Ono.

One Plus One [Sympathy For the Devil] (1968)

Era o tempo do do cinéma vérité e a câmara de Godard estava agora determinada em captar um pouco de verdade. Nada é programado, nada é ensaiado; e assim a dinâmica interna dos Stones no tumultuoso ano de ’68 vai sendo revelada.

Gimme Shelter – David and Albert Maysles (1970)

“Gimme Shelter” é um documentário que importa ver para qualquer um que queira saber de onde raio fomos nós desencantar o nome deste site. Está lá tudo explicadinho, tintim pot tintim, o que foi o Altamont Free Concert, bem como o impacto que o mesmo teve na história da música.